Mindfulness no local de trabalho

Cada vez mais, as empresas procuram implementar estratégias que proporcionem um ambiente de trabalho menos stressante, mais saudável, feliz e produtivo.

Todos nós já tivemos a experiência de nos sentirmos sobrecarregados no trabalho, talvez por nos encontrarmos cheios de projectos com prazos a cumprir, ou simplesmente por nos sentirmos desmotivados com o nosso emprego. Seja qual for a razão dessa sobrecarga, ela é causadora de stress. Sabemos que o stress é uma das maiores causas de desmotivação dos funcionários, que acaba por prejudicar directamente a produtividade da empresa. Para o combater, as organizações têm vindo a introduzir programas de redução de stress, baseados em mindfulness, com resultados positivos.

Para além de uma evidente redução no stress, há outros três benefícios chave, que o mindfulness irá trazer à cultura de trabalho:

Melhor Inteligência Emocional:
A inteligência emocional afecta a todos os níveis o ambiente de trabalho e o mindfulness pode ajudar a aumentar a inteligência emocional. Ao alcançar maior clareza emocional, trazemos maior eficácia, criamos melhores relações, fortalecemos as dinâmicas de equipa, melhoramos estratégias para lidar com conflitos, criando assim um ambiente de trabalho mais positivo. 

Aumenta o foco e produtividade:
Ao aprender a gerir distrações, melhoramos o foco e estabilizamos a mente, proporcionando um maior controlo e eficácia no desempenho de tarefas.

Estimula a criatividade:
Quando a automatização se torna cada vez mais comum e a tecnologia toma conta de tarefas rotineiras, a mais valia humana é sem dúvida a criatividade. Para que a criatividade seja estimulada, cultivada e fortalecida, temos que estar relaxados, tem que haver espaço para a espontaneidade. 

Orçamentos
Por favor entre em contacto connosco.

Orientação
João Palma tem-se dedicado nos últimos anos a levar o mindfulness a empresas, organizações, hospitais e universidades, através de workshops ou cursos, tal como a Novartis, PHC, José de Mello Saúde, Hospital Egas Moniz, Hospital CUF – Infante Santo, INR, ISPA, UAL, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Laboratórios Vitória, Ministério do Trabalho, TAP, NOS, Oxy Capital, YKK, Associação Novo Futuro, Câmara Municipal de Lisboa, entre outros.